logo mundoreishi

O que é o Reishi?

reishi ganoderma lucidum silvestre mundoreishi

 Cogumelo reishi salvagem, Palencia (Espanha).

O Reishi é o nome comum do cogumelo que produz um fungo chamado Ganoderma lucidum. O fungo é encontrado em todo o planeta, desde a faixa temperada a tropical, alimentando-se de madeira de árvores velhas, fracas ou mortas. Principalmente aparece em madeira de frondosas: robles, azineiras, quejigos, sobreiros... na suas raízes e durante as estações quentes e chuvosas. Em Espanha é chamado com o nome de “seta pipa”.

Os cogumelos de Ganoderma lucidum presentam diferentes nomes em cada região do planeta: assim os japoneses chamam de Reishi (fungo espiritual) ou Mannentake (fungo de mil anos) e na China e Coréia é conhecido como Ling Chi, cogumelo da imortalidade.

O nome científico Ganoderma lucidum vem da aparência do cogumelo: Ganoderma significa pele  (derma) brilhante (gano) e lucidum também se refere ao seu brilho, para o qual brilha. O brilho se deve ao fato de ter uma película plástica em sua superfície que serve de proteção ás chuvas e permite que ela passe meses no campo. Esta proteção tem curiosidade que se funde com o fogo.

O cogumelo reishi pode ser colhido selvagem para o consumo ou comprado puro em lojas como esta. Se for coletado para o consumo deve ser seleccionado os espécimes que tenham a parte inferior do chapéu, o hymenium, da cor muito branca, o que indicará que o cogumelo é fresco e saudável. Mesmo assim, indicam que existem numerosas espécies de Ganoderma descritas no mundo1 e é fácil confundir as espécies medicinais com outras que não são.

O reishi é um dos mais importantes cogumelos medicinais em todo o mundo2 devido ao seu alto teor de substâncias bioativas. É citado pela primeira vez na literatura em um livro chamado Shennong materia Médica, escrito 100 anos antes de Cristo, que establece diferentes propriedades de acordo com a cor do cogumelo.

 

shennong materia medicaImagem do primeiro livro escrito sobre o uso farmacológico de Reishi: Shennong Materia Médica. Vemos uma pessoa que em sau mão carrega um cogumelo "Linghzhi" (nome chinês do reishi).

Atualmente, é usado na medicina popular oriental para tratar várias doenças, como: hepatite, hipertensão, hipercolesterolemia e câncer gástrico3. Acredita-se que o consumo regular deste fungo preserve a vitalidade humana e promova a longevidade 4, 5.

Na Espanha, os livros de referência em fitoterapia, como o tratado de Vanachlocha, recomendam reishi para hepatite e cirrose, entre outras doenças. Até hoje, o reishi possui mais de 3.000 artigos científicos, mais de 900 publicações médicas e 1.000 patentes.

Se quiser ler mais sobre as pesquisas científicas que existe sobre o reishi para diferentes doenças pode acessar ao site externo (em breve em portugués).

Hoje, o cogumelo é cultivado em mais de 15 países e, em 2004, seu valor econômico foi estimado em 2,5 bilhões de dólares norte-americanos6. Ningém estimou seu valor atual de mercado, mas, levando em conta um grande aumento dos cultivos em países como Índia, Malásia, China ou numerosas regiões da América do Sul, estimar de 10 a 15 bilhões de dólares por ano, não poderia estar longe do cálculo monetário.

O interesse desta espécie é que existam redes de mercado de pirâmide que movimentam milhões de dólares com derivados de reishi, como extratos, misturas com café, chocolate, chá e outros. Infelizmente, impulsionado pelo interesse econômico, é fácil encontrar culturas onde as fructificações espécies de Ganoderma similares ao reishi estão se produzindo, mas que não são realmente Ganoderma lucidum ou outras de interesse medicinal. Se estiver interessado no assunto, aqui nós nos aprofundaremos nele: O cultivo do reishi no mundo e suas implicações no consumo de reishi em particular.

Por outro lado, é comum no mercado seja vendido como reishi, partes que não são o próprio cogumelo,como micélio ou esporos. Aqui nós mostramos as diferenças entre tudo no mercado é chamado reishi eo que não é.

placa ganoderma lucidumMicélio de Ganoderma ludicum crescendo em uma placa em nosso laboratório. Esta "penugem branca" é frecuentemente vendida com o nome de "Reishi".

No mercado são vendidos como reishi, produtos muito diferentes a o cogumelo, que não são reishi puro, e é por isso que eles apresentam outras propriedades. Aprenda agora como diferencialos.

 
Publicações no texto:

1- Zhou L-W, Cao Y, Wu S-H, et al. Global diversity of the Ganoderma lucidum complex (Ganodermataceae, Polyporales) inferred from morphology and multilocus phylogeny. Phytochemistry 2014

2- Paterson RRM. Ganoderma – A therapeutic fungal biofactory. Phytochemistry 2006; 67(18): 1985-2001.

3- Yun TK. Update from Asia. Asian studies on cancer chemoprevention. Ann N Y Acad Sci 1999; 889: 157-92.

4- Chang ST, Buswell JA. Medicinal mushrooms - a prominent source of nutriceuticals for the 21st century. Current Topics in Nutraceutical Research 2003; 1(4): 257-80.

5- Wachtel-Galor S, Yuen J, Buswell JA, Benzie IFF. Ganoderma lucidum (Lingzhi or Reishi): A Medicinal Mushroom. In: Benzie IFF, Wachtel-Galor S, eds. Herbal Medicine: Biomolecular and Clinical Aspects. 2nd ed. Boca Raton (FL); 2011.

6- Lai, T., Y. Gao and S. Zhou (2004). "Global Marketing of Medicinal Ling Zhi Mushroom <i>Ganoderma lucidum</i> (W.Curt.:Fr.) Lloyd (Aphyllophoromycetideae) Products and Safety Concerns."  6(2): 6.